Skip to content

Joãozinho e a engenharia social

31 de maio de 2010

Piada sim, mas extremamente didática

Joãozinho chega no confessionário (onde o padre já o conhece de outros carnavais) e começa a se confessar:

            – Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher casada que se diz séria e não resisti à tentação

            – E quem é essa mulher Joãozinho?

            – Padre, o meu pecado eu confesso, ela que confesse o dela

            – Meu filho, eu vou saber mais cedo ou mais tarde. Foi a Marília Fontana?

            – Não vou dizer padre.

            – A Maria da venda do Agenor?

            – Não posso falar padre.

            – Já sei, foi a Cristina, aquela mocinha que casou com o padeiro

            – Padre, não posso falar.

            – Não precisa falar, só não pode mentir. Foi a Marlene do consultório de dentistas?

            – Padre! Isso não importa.

O padre já está desesperado e tenta seu último palpite:

            – Só pode ter sido a Daniela, aquela mocinha da floricultura

            – Chega padre, vou embora.

Tudo bem Joãozinho, tenho que admirar sua discrição. Reze 20 pai-nossos e 20 ave-Marias…

Quando Joãozinho sai da Igreja, encontra seu amigo Zezinho, que logo pergunta:

            – E ai, como foi?

            – Tá aqui, a lista das cinco casadas mais fáceis do bairro!

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: